Obtenha o Flash agora!

Para ouvir ou exibir este conteúdo, será preciso atualizar a sua versão do Flash.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

... And Ville Valo said yes to Sunseth Midnight

Pra variar não posto há séculos. Então, como de costume, inicio esta mensagem pedindo desculpas por isso. Mas dessa vez vou adicionar algo: também agradeço especialmente às pessoas que retornam sempre a este Blog aguardando por novidades da banda. Recebo semanalmente relatórios de visitação e vejo que, mesmo sem movimentação da banda por aqui e alterações nos Feeds (quem ainda não cadastrou basta apenas clicar no ícone da barra esquerda), a visitação continua. Bom, vamos lá...

Este título é um trocadilho bem-humorado com o título da coletânea do HIM de 2004, mas representa algo real que se sucedeu no final de junho, quando estive em Helsinki, Finlândia, para a cobertura do "Tuska Open Air Metal Festival" e outras atividades, com as minhas companheiras de viagem Heloisa Vidal, Monika Cavalera e Mayra Dias Gomes. Tudo o que aconteceu durante os dias que passei lá, incluindo shows e tudo mais, será descrito na edição de agosto da Roadie Crew, então aqui terei como foco um rápido relato em termos de Sunseth Midnight.

Rolaram muitos contatos com gravadoras e agências de shows, mas isso é burocracia e não cabe aqui, o ponto principal foi que pude me encontrar num ambiente mais informal com músicos que, am alguns casos, só havia entrevistado por telefone ou trocado e-mails. Por exemplo, logo na chegada encontrei o The 69 Eyes inteiro no aeroporto de Helsinki, eu indo de São Paulo/Amsterdã - Amsterdã/Helsinki e eles voltando de shows que fizeram na Austrália. Então o Jussi 69, baterista da banda, falou que iria discotecar dias depois num local que chamava Apollo Club e fez o convite para que nos encontrássemos lá para conversarmos. Assim aconteceu e foi bem bacana. Ele discotecou nos intervalos do show de um Pink Floyd cover, então enquanto a banda tocava falamos sobre musica - inclusive Sunseth Midnight -, o álbum novo deles ("Back in Blood") e os recentes shows que fizeram na Inglaterra e Austrália.

No caso do Ville Valo, do HIM, foi uma entrevista, mas com direito a um bate-papo bem bacana depois. Mencionei que sabia a respeito do Aikuisten Lelukauppa, famoso sex shop que o pai dele, Kari, tem na cidade, e ele não só explicou como chegar como gentilmente telefonou para lá e avisou da visita. Assim como o filho, Kari é muito simpático e além de proporcionar uma recepção calorosa ainda deu presentes: camisetas e merchandise "especial" do HIM... A minha namorada ganhou um chicote com o famoso "heartagram" - antes que alguém pergunte: não, não foi usado! (risos) Ele explicou que esse tipo de merchandise, chicotes e algemas com o símbolo da banda, é vendido para o mundo todo via Internet. Quem se interessar, então, basta visitar o link da loja acima... Vale a pena e não custa tão caro!

Com o Jyrki 69 também foi entrevista, que rolou no A21 Cocktail Lounge, considerado no último mês de abril pelo World's Best Bars o melhor bar do mundo em 2009. Merecido, pois fazem drinks soberbos! O papo "pós-entrevista" com o Jyrki foi legal, ele já conhecia o Sunseth e passamos um bom tempo falando sobre música em geral - com ênfase para o Candlemass, que tocaria poucas horas depois no famoso Tavastia Club.

Nos dias do "Tuska" conheci pessoalmente o Tomi Joutsen (Amorphis) e o Mikko "Linde" Lindström (HIM)... Bom, chega de papo, senão acabo contando demais antes da Roadie Crew sair! O vídeo abaixo é uma chamada que o Ville fez para o Spin Earth e mencionou o álbum de estréia do Sunseth Midnight, "Sun Seth"... Muito legal!



No dia 25 de julho tem show do Sunseth Midnight aqui em São Paulo, na Toy Lounge. Faço um post falando sobre isso na próxima semana.

Finalizo deixando um abraço especial para Sari Lietsala, que gentilmente organizou todo o programa da viagem e foi ótima companhia.

Ah! Ainda em tempo: o nosso MySpace oficial está com layout novo. Visite: www.myspace.com/sunsethmidnight.

Ricardo Campos
IN GOTH WE TRUST

Cadastrar e-mail: