Obtenha o Flash agora!

Para ouvir ou exibir este conteúdo, será preciso atualizar a sua versão do Flash.

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

O show em Curitiba

Como previ no último post, o show que fizemos em Curitiba foi memorável e superou as nossas expectativas. A viagem em si foi bem cansativa e acabamos entrando no palco às 4 da manhã do domingo - ou de sábado para domingo, como muitos gostam de dizer -, mas tivemos a felicidade de nos deparar com um público empolgado.

Bom, vamos começar pela viagem. Saímos de São Paulo por volta das 14h de sábado, duas horas depois do previsto, e já sabíamos que encontraríamos uma estrada que não é das mais simpáticas... Todos conhecem a fama da Rodovia Régis Bittencourt, a BR-116! Pois bem, ao longo das quase sete horas de viagem "vimos" pelo caminho muitos buracos e, infelizmente, alguns acidentes, mas conseguimos chegar sãos e salvos e ainda pudemos fazer um pouco de turismo. Como aquela cidade é bonita! Foi a minha primeira vez por lá e tive a sorte de conhecer o famoso centro histórico à noite. Melhor ainda: o Hangar, local do show, era justamente naquelas redondezas, apesar do hotel estar um pouco distante.

O show reservava surpresas e elas apenas foram reveladas no palco: infelizmente Theo Vieira (vocal e guitarra) e Victor Visval (teclado) não puderam fazer aquela viagem conosco. Para compor o Sunseth Midnight naquela noite convidamos o nosso talentoso amigo Marcelo Carezzato, que tocou guitarra e cantou muito bem, enquanto para o lugar do Victor optei por usar o famoso recurso "sampler", e seqüenciei as músicas de última hora. Além disso, dada a ausência do Theo, Piccoli e eu fomos obrigados a cantar muito mais que o usual, o que para aquele show funcionou bem. Confesso que foi um desafio e tanto tentar chegar perto do ótimo timbre das linhas vocais do Theo e ainda fazer isso juntamente com as minhas agressivas usuais na 'Loneliness'! Hehehe... Mas, ok, até que deu certo.

Não lembro bem a ordem das músicas, se não me engano foram: 'Stop Haunting Me', 'Where I Belong', 'Say Just Words', 'The Bat', 'The Night's Still Young', 'Loneliness', 'Nosferatu', '(She's Not) Innocent', 'Lost Boys', 'Love Chaser' e 'Burning The Night For You'. O público foi fantástico, cantando as músicas conosco e agitando do começo ao fim, apesar do horário avançado. Do palco voltamos para o hotel, tomamos um café da manhã reforçado, passeamos um pouco no famoso e belo Jardim Botânico da cidade e retornamos para São Paulo.

Uma viagem e tanto, uma pena que não pudemos contar com a companhia do Theo e do Victor desta vez! Aproveito a oportunidade para agradecer novamente ao Marcelo Carezzato pela grande ajuda e ótimo trabalho que fez ao lado do Sunseth Midnight, ao Fabio e toda a organização do "Overmetal" e a amigos como Sérgio Mazul (Maelström e Semblant), Clóvis Roman e Emanuel Seagal pela presença.

E trago boas notícias: nada está confirmado ainda, mas é bem provável que o Sunseth Midnight faça novo show em Curitiba no primeiro semestre de 2008! Vamos aguardar e torcer, aviso assim que souber de algo.

Em breve disponibilizaremos mais fotos e, quem sabe, vídeos do show.

Ricardo Campos
IN GOTH WE TRUST

Na foto: Eu e Marcelo Carezzato no solo de 'Stop Haunting Me'

2 comentários:

Gaby disse...

alguma chance de virem mais para o sul?

=)
*tava escutando o meu cd, que não é o finalizado, anteontem ^_^

besos

Lesley Fernandes disse...

Que bom que deu tudo certo Ricardo.

Abraço

Cadastrar e-mail: